A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Fiocruz cria sala de situação para monitorar impacto da pandemia sobre os jovens brasileiros

Fiocruz cria sala de situação para monitorar impacto da pandemia sobre os jovens brasileiros
0 Curtidas
0 Comentários
0

Por: OXFAM Brasil (imagem: OXFAM Brasil)

Dados do relatório do Observatório Covid-19 da Fiocruz indicam que as internações de jovens por conta do coronavírus aumentou mais de 300% nas últimas semanas – e a vacinação dessa parcela da população brasileira ainda não tem previsão para começar.

Além disso, a pandemia vem prejudicando os jovens também em relação aos estudos e ao mercado de trabalho. Tocar cursos e graduações tornou-se um desafio em meio ao isolamento social necessário para frear a propagação do vírus, e com a crise econômica provocada pela pandemia, o mercado de trabalho ficou ainda mais restrito para os jovens.

Com o objetivo de discutir a situação dos jovens em meio à covid-19, a Agenda Jovem Fiocruz criou a primeira sala de situação do Brasil sobre o rejuvenescimento da pandemia. A iniciativa funciona como um centro de monitoramento, com a participação de coletivos, organizações da sociedade civil, nacionais e internacionais e gestores públicos, como conselhos e secretarias de governo. A Oxfam Brasil faz parte da iniciativa, representada por Tauá Pires, coordenadora da área de Juventudes, Gênero e Raça da organização.

No evento de lançamento, no último dia 8/4, Valcler Rangel, coordenador de Relações Institucionais da Presidência da Fiocruz, falou sobre o índice de contaminações, internações e mortes entre jovens. Também falaram durante o lançamento Raphael Guimarães, pesquisador da Fiocruz, que trouxe dados do Observatório Covid-19 e abordou o assunto na perspectiva epidemiológica; e Helena Abramo, socióloga e pesquisadora sobre juventude, que fez uma análise social do contexto, apontando as questões de juventude prévias à pandemia e que foram agravadas com a crise sanitária causada pela Covid-19.


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você